Peter Lippmann

Peter Lippmann, é o fotógrafo responsável pela campanha outono/inverno 2011 de sapatos do designer de calçados femininos Christian Louboutin.

As fotos são releituras de pinturas de artistas como de la Tour, Nattier, Beniot.

Georges de La Tour

Releitura de Peter Lippmann para Louboutin

Jean Marc Nattier

Releitura de Lippmann para Louboutin

Trabalho maravilhoso!

Vale uma visita no site do fotógrafo, pois seus trabalhos são fantásticos.

Fontes:
Calcados.com
Peter Lippmann http://www.peterlippmann.com/
Studio da Lu http://studiodalu.com.br/Decoracao/
Anúncios

Eva Hesse

Eva Hesse é considerada uma das melhores artistas da década de 60.

Nasceu no dia 11 de janeiro de 1936, na cidade de Hamburgo na Alemanha. Em 1938, sua família fugiu do nazismo na Alemanha e foi para Nova York.

Graduou-se na School of Industrial Art em Nova York em 1952. Após a graduação estudou no Pratt Institute e na Cooper Union e finalmente formou-se na Yale Scholl of Art and Architecture, onde obteve orientação do genial Pintor e Professor da Bauhaus Josef Albersem 1959. Depois de completar seus estudos em 1959, voltou para Nova York e dedicou-se a sua arte um pouco mais de uma década.

Fazia parte do grupo de artistas como Robert Morris, Bruce Nauman, Richard Serra e Robert Smithson.

Eva Hesse explorava mais amplamente materiais não-rígidos, que driblam a austeridade geométrica do minimalismo como gaze, látex, fibra de vidro translúcido, alumínio, chumbo, polietileno, cobre, tela de arame, serragem, papel e cola.

Suas primeiras obras utilizavam materiais como barbante e papel marche, (1965 e 1966).

No início dos anos 60 voltou a morar na Alemanha, próximo a uma fábrica abandonada de produtos têxteis observando a diversidade de materiais existentes neste local, experimentou fios de tecidos, elétricos e masonite em esculturas.

Fonte:
http://www.hauserwirth.com/artists/34/eva-hesse/bibliography/

Exposição Portugueses no Mundo

O Museu Histórico Nacional, apresenta a exposição de longa duração “Portugueses no Mundo”.

A esposição conta a história da expansão portuguesa a partir das grandes navegações, incluindo a colonização do Brasil e as transformações da formação econômica, política e social de nosso País.

É uma viagem histórica através da arte.

Foto de Aline Ribeiro

A chegada de Cabral a Bahia

 

Foto de Aline Ribeiro

Nossa Senhora da Conceição – Século XIV

 
 

 

 Museu Histórico Nacional
Praça Marechal Âncora s/nº. Centro
Próximo à Praça XV – Rio de Janeiro
Horários: Terça a sexta – das 10h às 17h30min
Sábados, domingos e feriados – das 14h às 18h
Fechado às segundas-feiras
 Ingresso: R$6,00
Aos domingos, a entrada é franca
 
Fonte: Museu Histórico Nacional
http://www.museuhistoriconacional.com.br/

I IN U / EU EM TU

Semana que vem é sua última chance de visitar a exposição I IN TU / EU EM TU,  da artista contemporânea Laurie Anderson.

O Centro Cultural Banco do Brasil apresenta pela primeira vez, no Brasil a obra de uma das mais importantes artistas do cenário comtemporâneo internacional, a norte-americana Laurie Anderson.

A exposição faz uma retrospectiva dos 40 anos da carreira da artista, instalações (bidimensionais e tridimensionais), fotografias, desenhos, vídeos, músicas e documentações de performaces, além de um conjunto de filmes.

As obras são uma integração entre arte e tecnologia, permitem experiências sensoriais, contribui para o reconhecimento e a aproximação do público com a arte contemporânea.

Foto de Aline Ribeiro

Foto de Aline Ribeiro

 Vale muito uma visita!

 CCBB Rio de Janeiro
Até 26 de junho de 2011
Endereço: Rua 1º. de Março, nº. 66
Centro – Rio de Janeiro
Horário: de terça a domingo, das 9h às 21h
Fonte: Folder da exposição (CCBB)
 

Carlos Colombino

A Revista Continnum do Itaú Cultural do mês de abril-maio 2011, em sua 30ª edição, trouxe na seção Mirada uma reportagem sobre o Paraguai.

A matéria traz a busca da identidade paraguaia próximo a comemoração do Bicentenário de Independência, o investimento do país na nova geração para reforçar sua herança cultural e mostra o quanto não conhecemos o nosso vizinho.

Apresenta as ações do governo para a valorização da cultura, os investimentos no setor cultural, música, artes cênicas, artes visuais, cita  museus e alguns artistas, entre eles Carlos Colombino.

Carlos Colombino estudou Arquitetura na Universidad Nacional de Asunción, em 1954, entra no mundo das artes plásticas fazendo parte do Grupo Arte Nuevo, se especializando em Madri e Paris. Criou a técnica xilopintura, que utiliza a técnica de gravador, ao invés de estampar no papel, faz a pintura na madeira.

Considerado um dos mais importantes artistas do Paraguai, tendo ganhado diversos prêmios na Europa e América Latina, como Gran premio de la Bienal de Quito (1968) e I Premio de Pintura-Arte Actual de América y España, Madri (1963). Suas obras estão em  museus e galerias de países como Estados Unidos, Espanha, Itália, Argentina e Paraguai entre outros.

Em 1961, participou da Bienal de São Paulo e em 2006 o Museu Oscar Niemeyer apresentou um panorama da produção do artista na exposição ‘Carlos Colombino – Resumo de uma Antologia”.

Vale muito uma pesquisa!

Fontes:
Revista CONTINNUM – Itaú Cultural
MON – Museu Oscar Niemeyer

WORLD PRESS PHOTO 11

Olá pessoal,

Esse final de semana é a última chance de visitar a exposição WORLD PRESS PHOTO 11.

Foto de Aline Ribeiro

Até o dia 19 de junho de 2011, a  Caixa Cultural do Rio de Janeiro estará exibindo 177 fotos da mais importante mostra de fotojornalismo, promovida pela organização WORLD PRESS PHOTO.

A 54ª edição da mostra pode ser vista como uma retrospectiva dos fatos mais marcantes de 2010, um retrato de tudo o que aconteceu no mundo, na política, economia, esportes, cultura e natureza, com a presença de 55 fotografos de 23 nacionalidades. 

A grande vencedora desta edição foi a fotógrafa Jodi Bieber, da África do Sul, com o retrato de Bibi Aisha, que foi desfigurada como punição por ter fugido da casa de seu marido, na região central do Afeganistão (foto abaixo).

Foto de Aline Ribeiro

As fotos são maravilhosas, mexem muito com nossos sentimentos, são chocantes, lindas, emocionantes, delicadas, violentas. Fezam parte do nosso cotidiano, muitas delas nós já vimos nos noticiários.

Cliques do mundo inteiro como um chute na boca de um jogador holandês durante jogo da copa do mundo de 2010, o vôo de um pássaro ou o cisne com seu filhotinho, até a sequência de um tiroteio na Avenida Brasil, no Rio de Janeiro, para o Jornal O Dia do fotográfo Alexandre Vieira que recebeu Menção Honrosa pela série de fotos. 

Minha foto predileta, claro categoria de artes, fotografo Amit Sha’al – Israel

3º. lugar na categoria Artes e Entretenimento – Categoria Série de Fotos

Foto de Aline Ribeiro

Vale muito uma visita!

É gratis
Classificação 16 anos.
A exposição vai até 19 de junho de 2011
Local: Caixa Cultural Rio de Janeiro – Galerias 2e 3
Endereço: Av. Almirante Barroso, 25 Centro – Rio de Janeiro (Metrô Estação Carioca)
Horário: de terça a sábado, das 10 às 22h; domingo das 10h às 21h
Fonte: http://www.caixacultural.com.br/html/main.html

A rotunda do CCBB do Rio de Janeiro

A rotunda do Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro é um espaço central onde as pessoas marcam de se encontrar, ler ou apenas ficam sentadas apreciando a beleza do prédio.  Além de ser sempre muito bem aproveitado pelos curadores das exposições que passam por lá. 

 Exposição BRASILBRASILEIRO NOSSA TERRA, NOSSA GENTE

Foto de Aline Ribeiro

  Exposição “Nippon” 

Foto de Aline Ribeiro

  Exposição Islã

Foto de Aline Ribeiro

É só uma pequena amostra das transformações que  a rotunda do CCBB RJ passa a cada exposição. Além da integração do público com a exposição.